Arquivo do mês: maio 2015

A Mãe e a Puta – Jean Eustache (1973)

Por Gabriel Dominato Jean Eustache, um dos grandes mestres da Nouvelle Vague francesa e possivelmente o mais desconhecido dentre todos, realizou provavelmente a grande obra – ouso dizer uma das melhores, senão a melhor de toda Nouvelle Vague, embora seja … Continuar lendo

Publicado em Cinema, Cinema Francês | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Mad Max – George Miller (1979)

Por Gabriel Dominato George Miller tem uma grande versatilidade, passando da animação (Happy Feet) ao drama (O Oléo de Lorenzo) até a ficção distópica de Mad Max, que é provavelmente seu melhor filme. O ano era 1979, mas a crise … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os Sonhadores – Bernardo Bertolucci (2003)

Por Gabriel Dominato Os Sonhadores é um dos mais emblemáticos filmes sobre as revoluções de Maio de 68. Sim, porque foram várias: política, sexual, artística e cultural, e ao que tange ao Cinema foi de fundamental importância, pois deu ensejo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Acossado – Jean-Luc Godard (1960)

Por Gabriel Dominato Godard, então Jean-Luc Godard, ainda não era Jean-Luc Cinema Godard ou JLG, como seria conhecido mais tarde. E o cinema novo ainda não havia se constituído. Havia os sopros do rebento de Truffaut e seu deslumbre causado … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário