Amor a Toda Prova (2011) – Glenn Ficarra e John Requa

Por Samuel Costa

Segundo filme da dupla de diretores americanos Glenn Ficarra e John Requa, que em 2009 estreiaram com o interessante O Golpista do Ano (título com péssima adaptação para o português), Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love) é uma comédia romântica boba e sem sal nem açúcar. No começo até consegue ser curioso e prender um pouco a atenção, mas o desenrolar do filme é a mesmice de sempre. Em uma cena dramática depois de brigar com a ex-esposa o personagem Cal (Steve Carell) caminha sozinho pela rua embaixo de chuva e diz para si mesmo (e para o espectador) que isso parece clichê, acho que o termo é adequado para resumir o filme. O que vemos então é uma reunião de bons atores, como Julianne Moore, Marisa Tomei e Kevin Bacon, fazendo um grande de um clichê que mais irrita do que diverte.

A história é um sobre o casal de meia idade, Cal e Emily, interpretados por Steve Carell e Julianne Moore, que estão em crise e entram num processo de separação. Emily traiu o marido com o colega de trabalho David Lindhagen (Kevin Bacon) e contou tudo a ele após pedir o divórcio. Cal fica extremamente abalado, triste, e começa a frequentar o mesmo bar toda noite. Lá ele enche a cara, se embebeda e fica falando dos seus problemas para os quatro cantos sem que ninguém o dê a menor atenção. É aí que o mulherengo e sedutor Jacob (Ryan Gosling) se propõe a ajudar Cal a se transformar num novo homem e mostrar para sua ex-mulher que ela estava enganada ao pedir o divórcio. Jacob é o típico garanhão fútil que só se preocupa em levar mulheres para cama, mas uma garota não caiu em seu papo, Hannah (Emma Stone), a estudiosa formando em Direito que sonha com o pedido de noivado de seu namorado.

Cal e Emily tem dois filhos, Molly (Joey King), que não tem destaque na trama, e o adolescente Robbie (Jonah Bobo), que é tido como o grande apaixonado e filósofo do filme. A todo momento ele proclama a fé no amor e nas “almas gêmeas” e representa o papel grande sábio da vida, apesar da pouca idade. Robbie é apaixonado por sua babá Jessica (Analeigh Tipton) que é mais velha que ele e que por sua vez é apaixonada por Cal. Marisa Tomei interpreta a professora de Robbie e é um dos papéis mais cômicos do filme.

Como podemos perceber há uma gama de bons atores, e destaco que Julianne Moore está belíssima, mas não é suficiente para salvar a história e roteiro. Ao contrário de O Golpista do Ano, que nos surpreende, a cada minuto de Amor a Toda Prova é como se soubéssemos o que vai acontecer na próxima cena. E pra piorar, salvo algumas ligações entre os personagens, podemos prever o final do filme desde o começo. Em síntese é aquele velho esquema feel good dessas comédias românticas aguadas que tem de monte por aí nos circuitos comerciais.

O contraste entre O golpista do Ano, que inclusive foi exibido no festival de Cannes de 2009, e Amor a Toda Prova é gritante. Enquanto o primeiro é uma comédia diferente e com críticas ácidas e irônicas acerca do conservadorismo, o segundo está mais para aquelas historinhas bobas de filmes protagonizados pela Lindsay Lohan. Esta sim é uma atriz que se encaixaria com o estilo do filme.

Este trabalho de Glenn Ficarra e John Requa não traz nada de novo. Consegue sim tirar umas duas gargalhadas ou sorrisos, mas o modelo totalmente clichê e esquematizado faz com que você saia irritado do cinema se estiver esperando um filme no mínimo acima da média. Minha dica pra quem assistir: respire, respire fundo, tente relaxar e parta para uma outra sala de cinema.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cinema, Cinema Americano e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Amor a Toda Prova (2011) – Glenn Ficarra e John Requa

  1. Nestes ultimos anos o cinema americano está declinando para a posição de pior cinematografia do mundo. Se fossemos esquecer os clássicos e comparar em termos de cinema contemporâneo o cinema americano seria algo sem qualquer relevância, ou de relevância baixíssima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s